sábado, 13 de maio de 2017

Vítimas dos Correios: o que fazer?

É triste, mas é fato que os correios do Brasil nunca fizeram o trabalho como deveriam e prometem, isso porque pagamos caro pelo serviço prestado; imagine se fosse diferente?

Nunca fomos favoráveis às privatizações; no entanto, em se tratando dos correios, está passando da hora de pensarmos no assunto!  

Quiçá, com a prestação do serviço postal desvinculado do Estado ele se tornasse mais eficiente e até eficaz. 

A empresa passaria a ter mais responsabilidade; empregaria tempo em orientação, preparação e fiscalização de seus colaboradores; dessa forma, talvez se evitaria acontecimentos ("trágicos") como os que passam "hoje", dentro e fora das dependências dos correios com nossa mercadoria, encomenda ou com quaisquer outros objetos ou papéis que temos a infelicidade de enviar ou receber por meio deles!

*CLIQUE AQUI, veja uma denúncia antiga que fiz contra os correios.

EXEMPLIFICANDO

Dia desses "sapeando" o youtube à procura de um vídeo sobre os correios deparei com vários - nenhum tinha cunho elogioso. Alguns, inclusive, com a nítida finalidade de criticar o "deserviço", outros denunciar a violação das embalagens e até o desaparecimento do conteúdo interno delas; todavia, os que mais me impressionaram foram àqueles que continham imagens (escondidas ou não) de como os funcionários tratam os pacotes. É mais ou menos como os trabalhadores, encarregados das malas nos aeroportos brasileiros, tratam nossas bagagens!

Quem viaja muito sabe do que estamos a falar - e PIOR, por já ter viajado muito, também, pela Europa sinto-me na obrigação de confessar que nunca vi isso acontecer por lá. 

Nessa hora, certeza que aparece um monte de "engraçadinho" dizendo que temos "complexo de vira-lata"! Fazer o que se as coisas são corretas por lá e aqui não? É apenas constatação, se tivéssemos vergonha na cara aprenderíamos a ser mais honestos! 

Na Europa não acontece (talvez na de Leste, lá nunca estive); talvez na Rússia; talvez nos Estados Unidos e alguns países de Africa - só falo do que sei - só elogio ou critico o que conheço!

Dezenas de vezes flagrei, pela janela, antes de desembarcar, funcionários atirando (jogando) as malas da esteira do avião para dentro do carrinho; depois, do carrinho para a esteira do saguão....mas isto (das bagagens nos aeroportos) é assunto para outro texto - voltemos aos correios!



Então, o que seria necessário para o serviço do correios melhorarem? Nos aeroportos os trabalhadores encarregados das bagagens são privados (creio eu - a não ser que sejam da INFRAERO) e fazem coisas como essas - com a privatização dos correios talvez acontecesse o mesmo.  

Quiçá uma seleção mais rigorosa.  Exigir do candidato antecedentes cíveis e penais de toda natureza como fazem com candidatos a Policial. 

De nada adianta pessoas com excelente coeficiente intelectual se tem má índole, mau caráter - o rigor na separação "joio do trigo" tem que se basear nos antecedentes do candidato. INFELIZMENTE é assim, pois é um local propício para prática dos mais variados crimes (Furtos, formação de quadrilha, tráfico e até facilitação em roubo).

Caminhão foi saqueado e teve a mercadoria espalhada em terreno no município de Escada, Mata Sul de Pernambuco  (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Por fonte G1 PE em fev.2014 caminhão dos correios assaltado em Escada- Pernambuco

O QUE FAZER QUANDO TIVER EMBALAGEM VIOLADA OU CONTEÚDO EXTRAVIADO?

1 - Contate os correios primeiramente via internet, por meio da página oficial; não solucionando com essa reclamação virtual vá até a central dos Correios de sua cidade (regional mais próxima);

2 - Fez o procedimento número 1 e não resolveu?  Verifique o valor declarado da mercadoria; acaso for menor que 20 salários mínimos faça uma petição dirigida ao Juizado Especial Cível de sua Comarca - no entanto, se o valor for maior que isso será necessário a contratação de um Advogado para o encaminhamento dessa defesa.

SEUS DIREITOS 

O Consumidor deve, sempre, ficar atento à produtos deteriorados, quebrados, impróprios para uso e consumo, etc e serviços prestados "porcamente" (esse último é o caso dos Correios)!

              Art. 6º São direitos básicos do consumidor:
(...)
           VI - a efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos e difusos;

        VII - o acesso aos órgãos judiciários e administrativos com vistas à prevenção ou reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos ou difusos, assegurada a proteção Jurídica, administrativa e técnica aos necessitados;

        VIII - a facilitação da defesa de seus direitos, inclusive com a inversão do ônus da prova, a seu favor, no processo civil, quando, a critério do juiz, for verossímil a alegação ou quando for ele hipossuficiente, segundo as regras ordinárias de experiências;
        IX - (Vetado);

     X - a adequada e eficaz prestação dos serviços públicos em geral.

Segue, abaixo, mais um Artigo do Código de Defesa do Consumidor, considerado importante para um pedido em Juízo (Vide Lei 8.078/90).

        Art. 20. O fornecedor de serviços responde pelos vícios de qualidade que os tornem impróprios ao consumo ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade com as indicações constantes da oferta ou mensagem publicitária, podendo o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

        I - a reexecução dos serviços, sem custo adicional e quando cabível;

        II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

        III - o abatimento proporcional do preço.

Fiquem atentos, também, com a demora excessiva.  

Suponha que você tenha o rastreamento do produto, sabe onde ele está, mas de lá não sai há meses se tornando inviável a entrega (sem que a culpa seja do fornecedor, vendedor MAS dos CORREIOS); quando decidir processar "alguém" processe os Correios por perdas e danos morais. UM CLARO EXEMPLO DISSO seria: uma noiva pede o vestido e todos os apetrechos para se casar-se na data 150 dias depois. No site da compra estava escrito que o vestido sairia da China e tardaria até 90 dias (máximo) para chegar ao Brasil, em sua casa. Como podem ver 150 dias está na folga, mesmo assim não chega e a noiva se casa com outro vestido qualquer pois não tem recursos para adquirir outro.  

Essa frustração acarretará perdas e danos morais e são os Correios que terão que arcar porque retiveram a mercadoria por demasiado tempo após a vistoria da Receita Federal - ultrapassado, e muito, o prazo dado pelo vendedor.

Ficar atentos e não deixar "passar barato"; afinal, nosso dinheiro e dignidade não são lixo!

Por Elane F. de Souza (Advogada, Autora e Administradora deste Blog e outros mais - não copiar sem citar a fonte)

Fontes: vídeo do canal youtube Vlogano azideia

terça-feira, 21 de março de 2017

Vinho também é cultura e cotidiano!

Quando vivia em Portugal uma das coisas que mais me encantavam, dentre tantas, era a possibilidade de aprender mais sobre vinhos!   Achava, e sigo achando, a tradição, a cultura que eles têm de degustar a bebida durante às refeições, o máximo!

Antes de ir morar fora tomava pouquíssimo vinho, especialmente porque vivia em Cuiabá e lá é o calor quem reina absoluto - o frio do inverno é tímido (mínima de 15 e olhe lá) e por poucos dias; não nos dá a chance de sermos elegantes à mesa nem fora dela.  

História do vinho

Às vezes, com peixe ou frango (já que marisco alí é raro), nós nos metíamos a tomar um branco ou rose fresquinho e nada mais - somente no inverno (se houvesse frio - que era, e é bem raro) é que as pessoas de Mato Grosso e maioria do Brasil (exceto Sul e SP) podem se dar ao luxo de um vinho tinto - refrescá-lo é meio fora de "noção"!


Hoje vivo em Recife, há alguns anos que voltei de Portugal; felizmente, durante o tempo que estive em terras lusas pude aproveitar para conhecer alguns países e como o meu sonho sempre foi ir a Itália, FUI - por várias vezes e várias cidades.

O norte e centro conheço bem, além da Sicília que acredito já ser no Sul.  Na região da Emíla Romagna estive em Módena, Sassuolo, Bolongna, Ferrari, e até na casa do falecido cantor Pavarotti. 

Já na região do Piemonte fui a Torino e outras cidadezinhas que nem me lembro o nome agora. 

Na Toscana estive em Firenze, que era um grande sonho dentro do país, como Roma, no Lazio, também era!  A catedral (o Duomo) de Firenze, as obras na rua e as do museu me encantaram - além da região, que fizemos em carro; ela é de encher os olhos no outono.   

Por outro lado, quando estava em Torino ia começar o inverno; em um passeio ao mirante do museu do cinema na cidade pude ver os alpes Italianos já com alguma neve - é lindo demaisssss!! 

Elane Souza 2009 - mirante em Svizera (Suíça) vista Lago Magiore, na Itália
Enfim, são tantas cidades e locais dentro da Itália que tive o privilégio de ir que ficaria aqui horas a citar suas belezas - mas o assunto deste texto é a cultura do vinho que existe em grande parte dos países Europeus - pelo menos os que conheço bem são assim: Portugal, Itália e España!

Esses países são como o Centro Oeste é para o Brasil com a soja - "mais ou menos": há momentos, durante viagens de carro por eles que o que mais se vê são vinhas (Videiras, vinhedos); Oliveiras e no caso de Portugal também há os sobreiros ("árvore da cortiça"). 

Sendo assim, como poderia não haver bom vinho e azeite de qualidade?

AGORA IMAGINE:

Uma entrada com salada de polvo e azeitonas pretas, um bom queijo e algo de jamón ibérico, acompanhados de um Vinho do Porto, preferência reserva, para abrir o apetite - durante o jantar pode degustar outro tinto, desta feita Italiano, dependendo do cardápio e a seguir, acompanhando a sobremesa ou não, um vinho licoroso de Portugal chamado Moscatel de Setúbal e a noite será "uma criança" - QUE TAL o cardápio?  

Isso abre, inclusive, o apetite para mais coisas - CERTEZA (rsrs)! 

Até me deu saudades da Europa!

Quando voltei de Portugal tinha uma coleção de revistas sobre vinho (dicas e técnicas, tipos de uva, cultivo, Enologia e sobre a profissão de Sommellier); infelizmente tive que deixá-las - eram elas ou a maioria das minhas roupas, sapatos e presentes (rsrs). Infelizmente uma mudança não se resume em duas malas de 32 kg cada (em vôos internacionais ainda é assim)!

Você que ainda não conhece o fantástico mundo dos vinhos convido-o a visitar a página de um brasileiro (Italiano por adoção e certamente, amor à terra e aos vinhos)! Ele é um sommelier, um especialista que ministra cursos online lá e cá de forma bastante didática - para saber mais CLIQUE AQUI!

Por Elane F. de Souza (Autora deste Blog  e dos www.educacaoedireito.com e Diário de Conteúdo Jurídico)

quinta-feira, 16 de março de 2017

2 dicas que melhorariam o mundo!

- Sabe por que as pessoas fazem blogs?

Resposta: para tornar públicas as suas ideias (relevantes ou não), seus trabalhos (relevantes ou não), e até expôr a sua figura em público (de modo relevante ou não - nu ou vestido, não importa); vê, lê e acessa quem quiser - ninguém é obrigado!

Existe até um tal blog aí chamado: "Tá lendo por que"?  É exatamente por aí - TÁ LENDO E ACESSOU POR QUE?  Há trilhões de conteúdos espalhados pela net, por que veio "cair" aqui onde nada te apetece?  Acaso clicou sem querer?  Se foi assim, quem te impede de sair?

Por isso eu nomearia esse texto de 2 dicas da ELANE - são minhas, eu as escrevi, num blog que é meu; NO ENTANTO, achei que ficaria meio "TÔ ME ACHANDO", e decidi nomeá-lo diferente - assim ficou:

2 (DUAS) DICAS QUE MELHORARIAM O MUNDO, por Elane Souza - "são minhas, mas nada implica que você tenha as suas, todo mundo é livre para isso"; mas se quiser concordar comigo, não me importaria não, pelo contrário, estaria grata e bastante feliz (rsrsr)!

DICA 1:

Não se preocupar, não se incomodar em como os demais vivem a vida, e não importa se é parente, amigo, vizinho ou se nasceu e vive em outra "galáxia" - a vida de cada um lhe pertence, desde que não interfira na dos outros (estuprando, matando, torturando, violando direitos de terceiros, roubando, furtando, discriminando e a partir disso praticando violência contra pessoas  - homossexuais, evangélicos, ateus, muçulmanos, umbandistas, espíritas, etc)...., 


aliás, se todos procurassem seguir regras impostas para a convivência em sociedade a vida seria outra coisa - experimente viver num país onde a lei funcione para todos - raramente se tem roubo, raramente se tem estupro, raramente se vê o veria papel jogado pelo chão, barulho excessivo, fezes de animais pelas ruas, etc.  

O mal do mundo é que a maioria das pessoas acha que o seu barulho é legal - quem tem mal gosto são os outros (o meu funk ou a minha música clássica agrada ou tem que agradar a TODOS), quando na verdade não é assim; geralmente as pessoas preferiam não ouvir, foi para isso que inventaram o fone de ouvido; ele deveria ser obrigatório nos transportes públicos! 

Ao ouvir música em casa, o volume permitido só devia ir até certos decibéis - altura essa que não incomodasse os vizinhos..., as igrejas, os bailes e as discotecas também não descobriram que os seus ruídos incomodam.

Outra coisa que deveriam saber é que um papel de bala (de confeito) na rua, a mais, FAZ SIM a diferença.  Não é porque a rua já está suja que tem que seguir sujando - fazer sua parte na limpeza ajudaria!

Mas, uma das piores atitudes é a do homofóbico violento, do preconceituoso em geral.  Ele acha que todos deveriam ser como ele ("ditos normais" - nasceu homem é homem, nasceu mulher é mulher), quando a coisa não se dá assim ele se torna violento - ataca, sem piedade, o cidadão ou cidadã que resolveu viver a vida como lhe apetece ou como lhe convém o genes, o psicológico, o sistema de funcionamento corporal interno.  

Por isso existe tanto caso de prostitutas, homossexuais, transsexuais, travestis torturados e até assassinados todas as semanas, meses e anos (relato das estatísticas).

Qual é o problema de eu dar ou vender o que é meu a uma outra mulher ou de um homem dar ou vender o que é dele para outro homem?  

Essa violência só pode ser gerada por alguém que é enrustido - SÓ PODE!  Não vejo outra explicação na pessoa se incomodar com o modo de vida PESSOAL de outro - algo que não interfere, não faz diferença nenhuma em sua própria vida (o-a homossexual não roubou, não matou, nem violou ninguém - deixe cada um ser o que quiser SER)!   

Procure mudar o que deve ser mudado; o que realmente incomoda (ajude a economizar água, luz, comida - tanta gente passa fome no mundo e uns jogam fora;  procure colaborar com a limpeza das ruas e de toda a cidade onde vive, procure ajudar a erradicar à corrupção, à violência - se está colaborando para que isso tudo piore; se está sendo violento com o próximo por motivos de crença, descrença ou sexualidade; se segue sujando a cidade; passando o calote no credor e no governo; se não devolve troco, nem carteira achada e mesmo assim acredita que está fazendo algo para melhorar o mundo, o seu conceito de MELHOR está corrompido, deturpado e ainda por cima é um HIPÓCRITA/MESQUINHO, metido a gente de bem, de família e  fé!

DICA 2

Entender a DICA 1 como sendo: respeitar as individualidades - deixar cada um ser o que quiser ser e obedecer às regras (leis) impostas para convivência em sociedade - fazendo só o que está permitido na lei e não for crime!

Acredito que se todos agissem dessa forma o mundo seria um lugar melhor - mas isso SOU EU quem está afirmando; infelizmente, nesse caso e em nenhum outro caso, poderíamos nos impor sobre os demais - são apenas dicas de uma sonhadora!

Por Elane F. de Souza (Advogada, Autora e Redatora deste e de outros blogs.)...não copiar, nem redistribuir sem citar a fonte.

ALGUNS ANIMAIS QUE APRESENTAM CARACTERÍSTICAS  GAYS
Servirá como prova para aqueles, mais intolerantes, que pensam que ser GAY é depravação, que na natureza não existe isso - fonte MegaCurioso, e mais sites - há tantos outros animais que ficaria aqui citando e não acabaria hoje!

Chimpanzé-pigmeu
Os chimpanzés-pigmeus, também chamado de bonobos, compartilham 98% do DNA humano – um dos parentes genéticos mais próximos que nós possuímos. Eles são conhecidos por serem animais extremamente sexuais, com quase todos eles sendo bissexuais. Além disso, eles usam o sexo para evitar conflitos e para criar laços afetivos.


Pinguim
O comportamento homossexual dos pinguins é um dos mais bem estudados da natureza, tendo sido iniciado há mais de 1 século. Mesmo em cativeiro, os pinguins gays são bastante notados – tanto que, em 2004, dois machos chocaram um ovo e adotaram o filhote no Zoológico do Central Park, em Nova York.
Leão: Estima-se que 8% dos machos dos leões apresentam comportamentos homossexuais. Algumas leoas também já desenvolveram esse comportamento em cativeiro, mas são principalmente os machos que o apresentam.
Fonte: megacurioso


segunda-feira, 13 de março de 2017

Quando a vida deixa de ter sentido e a Psicofobia

Pensar que o mundo não faz sentido parece que está fazendo parte de minha rotina. Por mais que me esforce não consigo expulsar os pensamentos ruins e, para piorar, eles estão sempre acompanhados dessa falta de vontade de seguir aqui - nada faz sentido!  

Há muito que a graça de viver se foi e só sobrou esta pessoa - amarga, sem paciência, sem ânimo, sem nenhum vigor!

Bem, o fato é que talvez eu tenha nascido assim - apenas me esforçava mais do que hoje para ser feliz ou apenas disfarçava; já não sei!

Quando criança e na pré-adolescência ainda fazia xixi na cama; tinha demasiados pesadelos (na maioria da vezes envolvendo a morte, o apocalipse ou com bruxas me levando) e mesmo que não sonhasse acordava chorando por nada!

Já adulta, estudando para vestibular, quando tinha que escrever uma redação para ser corrigida pelo Professor do cursinho, ela (a redação) sempre acabava ou se iniciava com o assunto morte (medo da morte).  

Lembro-me muito bem de um dia que o Professor de redação chegou a mim e disse: "tem que superar isso - mesmo que seja apenas na redação"! (rsrsr) 

Acredito que superei!  Hoje já não tenho medo da morte; para mim, saber que ela chegará é mais um alívio que um pesar..., o real pesar que tenho é imaginar que poderia perder alguém que amo (só de pensar nisso morro um pouco - não me imagino sem meus pais)! Na verdade, quando isso acontecer nem sei o que será de mim se ainda estiver viva - talvez seja o estopim para eu deixar esse mundo sem nenhuma culpa!  O que me faz seguir aqui são eles.  Causar-lhes infelicidade com a minha "partida" dói e é isso que me deixa viva!

- Por que escrevo, ao invés de conversar com alguém?

Porque vivo longe da família e não quero preocupá-los; mesmo assim volta e meia faço da minha mãe, minha psicóloga, via telefone (é a melhor, pois não me julga)!

- Mas você não faz tratamento psiquiátrico?

Sim, faço; no entanto, estou em busca de um novo médico e um novo remédio - acredito que o medicamento usado, ultimamente, não me faz nenhum efeito (venlafaxina).

Quanto a tratamento psicológico (que me DESCULPE os Psicólogos) não creio muito; digo isso porque não tive uma boa experiência e nunca mais encontrei um(a) que atendesse pelo meu plano aqui em Recife (particular não posso pagar).

Acredito que essa minha piora venha da ansiedade em que me encontro há algum tempo e da menopausa que chegou (prematura, por meio cirúrgico); todavia, como já disse, é uma coisa que talvez faça parte de mim, da minha genética; com a idade e alguns fatores externos os sintomas aumentaram!

O pior disso tudo é saber que estar deprimido(a) afasta as pessoas pois você passa a ser considerado(a) baixo astral, pessimista, "azedo(a)" e até uma pessoa "tóxica"!

Psicofobia voc sabe o que Ou nem sabia que existe
por abp.org.br e lanyyjusbrasil
Falar que está deprimido, sem ânimo, sem vontade de viver para algum amigo(a) que não tem depressão é certeza de que acabará ouvindo sermão do tipo: "tanta gente pior que você e vive"! "Gente que não tem a metade do corpo e está feliz e trabalhando"; "gente que tem piores condições financeiras que a sua e é extremamente feliz" - dá a impressão que estão te chamando de mal agradecido(a) porque, aparentemente, você não tem nada e está ou vive reclamando (TIPO: "de barriga cheia"!?)

Posso garantir a todos que esse tipo de atitude não ajuda em nada - pelo contrário, prejudica ainda mais a relação que a pessoa tem com a doença - desencadeia culpa.

Também não peça a uma pessoa com depressão que vá a igreja e tenha pensamentos lindos, positivos, de como a vida é uma benção, uma graça de deus - porque ela não acha isso e não é porque você diz que ela vai passar a ver a vida assim!  

Apenas apoie, ouça e cale; e se acaso for um familiar e ele viver dizendo que a vida não tem sentido encaminhe-o a algum médico especializado e vigie!

Grande parte da população não entende que depressão é doença e até médicos (profissionais habilitados) discriminam doentes com transtornos de humor, potenciais suicidas ou que tentaram suicídio - experimente tentar o suicídio e não conseguir êxito para ver se terá alguma prioridade nos hospitais?!  

Isso se chama psicofobia e pode se tornar crime em breve (PLS 236/2012) - no entanto, um bom Advogado conseguiria fazê-la "crime" apenas se utilizando da Lei 7.716/89!

Há algum tempo (2 anos, mais ou menos) escrevi um artigo no JusBrasil falando sobre a psicofobia; a forma como ela se dá e contra quem.

Além dos doentes mentais e dos que têm transtornos de humor, profissionais de saúde mental, como psiquiatras e psicólogos, também podem ser vítimas de preconceito (eu mesma cometi um "pequeno preconceito" acima quando disse que não acreditava muito em psicólogos - mas, na verdade foi apenas uma má experiência). 

- Meu "preconceito" vem de uma má experiência que tive com uma psicóloga - fui buscar ajuda e só obtive críticas!  Imagine uma pessoa doente que está buscando apoio receber uma enxurrada de críticas, inclusive afirmando que é culpada por tudo de ruim em sua vida - aí sim, a sua vontade de sumir só aumenta!  Por isso o "PRÉ-conceito"!  Que me perdoe os bons profissionais que existem e são maioria)!  

Infelizmente profissionais ruins há em toda área; nós, da Advocacia, enfrentamos isso todo dia com a "advogofobia" (inventei isso agora para descontrair o texto "mórbido"). Todo mundo acha que Advogado é corrupto, ganancioso e desonesto - mas eu digo e afirmo: não generalizem, nem todos são assim - eu, por exemplo, não sou!!!

O fato é que a vida segue, com depressão ou não, com vontade de sumir ou não, sigo aqui e preciso enfrentar o dia a dia como todo mundo. 

Por isso escrevo tanto e vivo inventando o que fazer pois os momentos de descanso e a hora de dormir é quando mais sofro de angústia e sufocamento (a mente está "desocupada" - esperando o sono que não vem; nisso os medos, o pânico, a sensação de vazio e de  perda da lucidez tomam conta do meu ser)!

Acordar destroçada é normal!  Pelas manhãs sempre tenho a sensação de ter sido atropelada por um caminhão "rolo-compressor", sem falar na sensação de não pertencimento a esse mundo e a imensa vontade de chorar!

Aproveitando-se desse diálogo de gente depressiva, com stress e ansiedade elevada, para indicar, especialmente para as leitoras o E-book  MULHERES SEM ESTRESSE - nele a autora aborda formas que ajudarão a eliminar o estresse da vida, através de terapias naturais, sem o uso de medicamentos (acho que eu também deveria adiquirí-lo, assim que tiver em mãos conto como é).

Outra obra interessante é SAÚDE NA MENOPAUSA

O curso online Saúde na Menopausa permite às mulheres a realização, em casa, de atividades físicas específicas que irão ajudar a diminuir os sintomas desagradáveis, a emagrecer, a devolver a autoestima, a conquistar saúde, beleza e a viver feliz na menopausa. 

Tristeza, angústia, depressão, ganho de peso, osteoporose e muitos outros problemas geralmente acompanham essa fase da vida. Para transformar essa realidade, a atividade física é o remédio não medicamentoso mais indicado.
Esse é outro curso que se encaixaria perfeitamente às minhas queixas pois, além de ter entrado na menopausa experimento todos os desconfortos causados por ela - de momento; se não passar pretendo adquirir um curso assim, para ver no que dá - realmente prometem; dê uma clicada nos links internos, sem compromisso você também e saiba mais sobre as duas indicações.

Abraço a todos(as)! 

Força, amor e muita paciência para enfrentar esse planeta!

Por Elane F. de Souza (Advogada, Autora deste Blog e de outros relativos ao Direito e Saúde da Mulher ) - post. figura por ABP.ORG.BR http://www.abp.org.br/portal/a-sociedade-contra-o-preconceito-psicofobia-e-um-crime/

Ou talvez lhe interesse este livros sobre transtornos mentais: Livros Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais - Paulo Dalgalarrondo (8536313323)


sábado, 11 de março de 2017

Escrevendo redação e estudando para Concursos públicos

Imagem relacionada
por alunosonline.uol e cotidiano e o Direito

- Qual a tua experiência com a escrita?

Já experimentou escrever uma redação simplesmente por querer fazê-lo, sem obrigação, sem saber que será avaliado por algum expert no assunto?

Sabia que se quiseres obter êxito num concurso público de nível superior  (alguns médios também) ou no ENEM, terás que por em prática essa "difícil" tarefa?

Pois é, isso já não é mais novidade em se tratando de certames públicos; com relação ao ENEM (antigos vestibulares) nem se fala - sempre foi um pré-requisito!  

*Para saber mais sobre redação e leitura clique aqui!

A banca avalia se o candidato é ou não analfabeto funcional; ou seja, se ele concatena as ideias, se ordena as palavras inseridas no texto de forma correta; caso contrário a nota final não será das melhores.

Outra coisa a ser levada em consideração pelos avaliadores é se sabes, minimamente, o português brasileiro (demasiados erros de grafia, de concordância e de pontuação também serão responsáveis por deixar a nota do aluno entre as piores).

Assim, quem não consegue ser autodidata tem que se preparar com profissionais altamente habilitados - todo mundo faz isso!  

Pode não parecer, mas a Redação dissertativa (a mais pedida nos concursos e ENEM - mas NÃO A ÚNICA), tem que ser aprendida, estudada e avaliada por pessoas experientes no assunto - fiz isso quando ainda pretendia entrar na Faculdade e algumas vezes durante o tempo que estudava para concursos públicos!

Uma coisa é a pessoa escrever artigos jurídicos ou textos para blogs (como faço hoje), outra, bem diferente, é escrever um assunto pedido por uma banca avaliadora (não poderá dar a sua opinião - tem que se basear no que já sabe, já leu e é comprovado; a não ser que a própria banca peça o contrário); portanto, como já dissemos, tem que aprender a fazer com quem entende do assunto.

É por isso que decidimos indicar aos nossos leitores três cursos de excelente qualidade (mestres gabaritados no assunto ESCREVER e APROVAR em CONCURSOS) te farão ver e sentir "o estudar" de forma distinta - Clique nos links abaixo e saiba mais sobre cada um deles sem compromisso!


O EscreverOnline Premium é um programa de formação completo que inclui tudo o que é preciso para que o candidato domine a redação e tenha uma vantagem estratégica nas provas de concursos públicos.

Esse treinamento é uma assinatura mensal.



Curso ministrado por Pietro Frazon, todo em vídeo aulas ensinando o passo a passo para pessoas comuns acelerarem suas aprovações em concursos públicos. Curso criado por quem entende do assunto e é expert em ajudar pessoas a se prepararem para concursos.


REDAÇÃO: os segredos da nota MIL

Um eBook completo que vai te ajudar a desenvolver uma redação acima da média com dicas de como obter as ideias, os erros mais cometidos, os tipos de redação existentes, freses-modelo de como iniciar a introdução, o parágrafo de desenvolvimento e o de conclusão do seu trabalho

NÃO PERCA MAIS TEMPO!!! Destaque-se em meio aos demais, torne-se um concorrente acima da média, esteja à frente dos outros candidatos. Você quer continuar na condição em que se encontra? Ou quer conquistar seus objetivos? 

O seu futuro quem pode transformar é você!!!




Por Elane F. de Souza (Advogada, Autora e Administradora deste e de outros Blogs)

quarta-feira, 1 de março de 2017

COISAS DE MULHER - parte IV: dicas de saúde na menopausa

Esse é mais um da série de artigos que decidi escrever após a cirurgia de Histerectomia Total que me levou à Menopausa.

O fator da minha brusca entrada na menopausa foi a existência de Endometriomas, Adenomiose e Endometriose profunda infiltrada! Dei um basta a essas enfermidades que me "enlouqueciam"; no entanto, tive que dar uma "benvenida" antecipada à menopausa".


Resultado de imagem para menopausa figuras gratis
por saúde
Hoje faz mais ou menos 9 meses desde o fatídico dia que tive que "entrar na faca" (digo, fazer a cirurgia - rsrsr). 

Apesar de ficar "livre" das referidas doenças tenho agora alguns sintomas comuns da menopausa; além disso, alguns médicos, dizem que ela pode voltar, mesmo a mulher não tendo mais o "alimentador" da Endometriose que é o endométrio - sangue menstrual; ela poderia sim voltar (vai entender)!

*MENOPAUSA, fase de transição - saber mais, clique aqui!
*LIVRO= "Era uma vez a menopausa"!

Imagine se uma coisa assim volta? Coitadas de nós mulheres: além dos sintomas da menopausa teríamos, também, as dores que a endometriose provoca!

- Fazer o que, não é?  Tem gente com coisa bem pior e se aguenta - vivendo mal, mas vivendo cada dia!

Por isso que vim compartilhar algumas dicas que recebi dos meus médicos:

1) - Tomar sol, pelo menos 10 minutos ao dia - em especial pela manhã;

2) - Fazer uma caminhada de pelo menos 30 minutos ao dia (sempre usando protetor solar) - exceto na parte da manhã, até as 10h que o benefício é exatamente o sol;

3) - Usar ômega 3 e ômega 6 em cápsulas;

4) - Usar óleo de peixe;

5) - Fazer alguma outra atividade física que seja divertida (ex.: dança);

6) - Hidratar bem a pele (a mulher na menopausa tem propensão a securas, coceiras e rachaduras na pele);

As outras dicas deixo para um curso online que conheci na internet - clique aqui e saiba mais.


OBS.: O curso online Saúde na Menopausa permite às mulheres a realização, em casa, de atividades físicas específicas que irão ajudar a diminuir os sintomas desagradáveis, a emagrecer, a devolver a autoestima, a conquistar saúde, beleza e a viver feliz na menopausa. 

Tristeza, angústia, depressão, ganho de peso, osteoporose e muitos outros problemas geralmente acompanham essa fase da vida. Para transformar essa realidade, a atividade física é o remédio não medicamentoso mais indicado. Os exercícios vão ajudar a recuperar a mobilidade, a tratar sintomas e patologias desenvolvidas na menopausa e a prevenir os sintomas para as mulheres que ainda não estão na menopausa. 

O curso Saúde na Menopausa é composto por três módulos. Cada módulo com duração de um mês. Dessa forma, você vai realizar o treinamento com acompanhamento por três meses. Isso vai proporcionar a você, mulher, um reencontro com sua beleza, sua força, seu poder, sua felicidade e, principalmente, sua saúde.